Boy o quê?

Depois da febre do boy magia (o tipo de cara que a gente quer pegar), vem o ataque do boy lixo – o que não presta nem aqui nem na China

1. O roommate: Assim que termina um namoro, já arruma outra. Detalhe: todas mudam para o apê dele no primeiro mês. A prioridade desse cara é rachar o aluguel.

2. O vilãozinho de novela: Adora um drama. Grita alto para os vizinhos ouvirem. “Vagabunda!” é seu xingamento favorito. Cuidado: cedo ou tarde ele também decide fazer o Baltazar (o cara de Fina Estampa, da Globo, que batia na mulher).

3. O amnésico: Vocês ficam e ele some por meses. Quando se encontram, ele finge que nada aconteceu. Combina de sair num sábado e esquece. Ele também não lembra que ficou com você no domingo num clima de namoradinho e beija outra bem na sua frente em uma festa na terça.

4. O bloqueado: Ele não pode ouvir a palavra namoro. Se faz de coitado, traumatizado e diz que não está pronto para assumir uma relação para a sociedade. Até que você cansa e dá um pé na bunda do cara. Na semana seguinte ele muda o status do Facebook para “em um relacionamento sério”. Com outra.

5. O papagaio de pirata: Ele só fica com garotas famosinhas. Sua meta é ganhar seguidores no Twitter por meio dos RTs da namorada, entrar vip como acompanhante dela nas baladas e ser convidado para atacar de DJ. Quando ganha notoriedade, ele sempre termina, seguindo carreira solo.

6. O boy pizza: Não sai de casa nem no sábado à noite. Escolhe sua “vítima” pelo chat do Face ou entre as mensagens recentes do celular. E ela que apareça pronta para o abate – de carro, claro, porque o cara não leva mulher em casa.

7. O progressão geométrica: Sempre que você pesquisa entre conhecidas, ouve que ele foi cachorro com pelo menos três amigas de cada. E assim vai. E você ainda fica com ele e entra na próxima equação, com mais outras duas coitadas.

Anúncios